Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo: “Vou puxar ao máximo”

Lorenzo: “Vou puxar ao máximo”

Lorenzo quer recuperar o terreno perdido em Silverstone e começar anular os 12 pontos de atraso que tem para Valentino Rossi já em Misano.

Jorge Lorenzo teve difícil jornada em Silverstone e está desejoso por voltar ao pódio enquanto persegue o companheiro de equipa na Movistar Yamaha MotoGP, Valentino Rossi, na luta pelo ceptro.

O maiorquino tem por hábito ser forte em São Marino. Lorenzo conta com o pleno de pódios no traçado desde que este regressou ao calendário do MotoGP em 2007. Ele venceu nesse mesmo ano nas 250cc, foi vitorioso na categoria rainha em 2011, 2012 e 2013, além de contar ainda com quatro segundos lugares nas épocas de 2008, 2009, 2010 e 2014.

Jorge Lorenzo: “Silverstone não correu como esperado devido às condições climatéricas. Tentei tudo para terminar no pódio, mas infelizmente não consegui o ritmo necessário para continuar na frente e acabei depois por me deparar com alguns problemas que estavam totalmente fora do meu controlo, o que também me impediu de lutar até ao final. Agora estamos concentrados na corrida de Misano porque é uma pista especial para nós e para a Yamaha. Sei que o Valentino se vai sentir muito bem porque é o seu GP caseiro, mas no passado consegui sempre ser muito rápido e somar várias vitórias, pelo que veremos o que vai acontecer. O meu colega de equipa tem uma vantagem de 12 pontos no Campeonato, mas ainda há seis corridas pela frente pelo que ainda há muitos pontos em jogo. Vou puxar ao máximo em todas as jornadas, a começar já por Misano.”

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO TIM DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Jorge Lorenzo, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›