Compra de bilhetes
VideoPass purchase

E vão seis para líder Zarco

E vão seis para líder Zarco

Johann Zarco voltou a isolar-se um pouco mais na frente da geral com vitória em Misano sobre Tito Rabat e Taka Nakagami.

O Grande Prémio TIM de São marino e da Riviera de Rimini de Moto2™ deste domingo terminou com Johann Zarco (Ajo Motorsport) a assinar a vitória para se tornar no primeiro não espanhol a vencer a categoria intermédia em Misano. Atrás dele terminaram Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS) e Takaaki Nakagami (Idemitsu Honda Team Asia).

Zarco assumiu a liderança após a partida, com Dominique Aegerter (Technomag Racing Interwetten), Álex Rins (Páginas Amarillas HP40), Nakagami e Hafizh Syahrin (Petronas Raceline Malaysia) logo atrás enquanto Rabat rodava em oitavo depois de ter pedido terreno ao tocar em Nakagami na partida. Mas na segunda volta a liderança era já do suíço, que em conjunto com Rins e Zarco logravam curta margem de 1,1 segundos sobre os demais.

Quando tudo levava a crer que se estaria perante emocionante luta a três pela vitória até final, eis que há sexta volta Rins falha a travagem e bate em Aegerter na Curva 14. Ambos os pilotos acabaram no chão enquanto Zarco se via na liderança, seguido de Syahrin e Corsi. Por esta altura Rabat era sétimo enquanto o colega de equipa na Estrella Galicia 0,0 Marc VDS, Álex Márquez, ficava também fora de acção devido a queda.

Pouco depois Aegerter regressava à box para reparar a moto na sequência da queda e reatar a corrida pouco depois, mas já em ritmo de teste. Enquanto isso, Rins também continuava em prova, mas apenas para ser ver depois desclassificado pela Direcção de Corrida já perto do final por interferir na luta de outros pilotos pelos últimos lugares pontuáveis quando ele próprio estava com uma volta de atraso e rodava em penúltimo.

Ao cabo de 12 das 26 voltas da corrida Zarco contava com mais de um segundo de vantagem na frente do pelotão, com Corsi e Folger nas posições imediatas, enquanto Nakagami era quarto e Simón superava Syahrin para chegar a quinto.

A dez voltas do final, com o gaulês tranquilo na frente, Folger começava a perder terreno para Corsi, com Nakagami e Rabat a aproximarem-se também das posições do pódio. O passar do tempo levou a que estes dois últimos se impusessem, mas a duas voltas do fim o Campeão do Mundo acabou mesmo por superar o nipónico, que regressou ao pódio pela primeira vez em dois anos.

A fechar os dez primeiros ficaram Simone Corsi (Forward Racing), Julián Simón (QMMF Racing Team), Jonas Folger (AGR Team), Lorenzo Baldassarri (Forward Racing), Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP), Luis Salom (Páginas Amarillas HP 40) e Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten), enquanto Sam Lowes ficou pelo caminho. O britânico da Speed Up Racing desistiu devido a problemas mecânicos à 19ª volta quando rodava em sétimo.

Em termos de Campeonato Zarco mantém-se intocável na frente da classificação com 274 pontos depois do 12º pódio consecutivo, enquanto Rabat ascendeu a segundo (181) por troca com Rins (164).

Veja os resultados da Corrida de Moto2™ e a classificação do Campeonato do Mundo.

Tags:
Moto2, 2015, GRAN PREMIO TIM DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, RAC, Takaaki Nakagami, Tito Rabat, Johann Zarco, Ajo Motorsport

Outras actualizações que o podem interessar ›