Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pilotos de Moto3™ testam após corrida em Misano

Pilotos de Moto3™ testam após corrida em Misano

Os pilotos da Moto3™ nem tiveram tempo para descansar após a corrida com um dia de testes em Misano.

Depois de emocionante corrida no domingo, o pelotão da Moto3™ ficou no circuito de Misano para um dia de testes, com vários desenvolvimentos e afinações a serem confirmados antes das últimas cinco corridas do ano.

O líder do Campeonato Danny Kent trabalhou com o objectivo de melhorar a capacidade de viragem da moto com várias afinações de geometria, isto depois de ter sido penalizado por ir além dos limites da pista durante a corrida. Contudo, os níveis de húmidade mais elevados e as condições muito ventosas dificultaram a vida ao britânico, que não conseguiu progressos de monta.

Aliás, as condições afectaram a maior parte do pelotão, com nomes como Brad Binder e Miguel Oliveira, ambos da Red Bull KTM Ajo, a comentarem que a primeira tirada do dia foi apenas para acamar o piso após a invasão de pista do final do dia de ontem. Ambos concentraram -se em melhorar as sensações com o novo chassis, com Brinder, em particular, a ver resolvido o problema de falta de potência do motor antes mesmo de ir para a pista.

Os pilotos da Mahindra, na Mapfre Aspar, avaliaram nova embraiagem, bem como novos componentes da caixa de velocidades, o que foi elogiado por Francesco Bagnaia e Jorge Martín. Este último também testou novo garfo frontal, enquanto o italiano testou novo escape. A equipa trabalhou ainda em soluções para as entradas de ar com o objectivo de melhorar a entrega de potência.

A Honda não apresentou novos componentes, o que significa que todos os pilotos se concentraram fortemente na afinação, suspensão e geometria geral da moto. Este foi o caso de Alexis Masbou (Saxoprint RTG), Niccolo Antonelli (Ongetta Rivacold) e do vencedor Enea Bastianini, que com o colega de equipa ausente devido a lesão logrou trabalhar com duas motos.

O compatriota Romano Fenati foi o único a avaliar significativo desenvolvimento; ele testou o quatro de 2016 em pista. Contudo, este chassis não deverá poder ser usado esta época já que a marca já fez uso do único desenvolvimento a que tem direito por época antes da ronda de Misano.

Tags:
Moto3, 2015

Outras actualizações que o podem interessar ›