Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Moto3™ pronta para mais uma batalha

Moto3™ pronta para mais uma batalha

Bastianini com renovadas esperança após 1ª vitória em casa.

O GP de São Marino foi palco de mais uma clássica corrida do Campeonato do Mundo de Moto3™, com um grupo de seis pilotos a lutarem pela vitória desde o início. Como é habitual, as decisões foram adiadas até às últimas curvas, com Enea Bastianini, da Gresini Racing Team Moto3, a atacar Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo) ao cair do pano para se estrear a vencer na categoria mais baixa.

Bastianini está agora a 55 pontos do líder Danny Kent, que teve um fim‑de‑semana desapontante em São Marino. A cinco jornadas do final o título ainda está em aberto e uma vitória no Grande Prémio Movistar de Aragão pode claramente dar motivação extra ao jovem italiano.

Kent, da Leopard Racing, ainda está na frente da corrida ao ceptro de 2015 de Moto3™ e vai estar em busca da vitória em Aragão. O britânico viu-se forçado a ceder um lugar durante o GP de São Marino por exceder os limites da pista, acabando com qualquer possibilidade de vencer. O melhor resultado de Kent na pista espanhol surgiu em 2014 com o 3º lugar. A Honda também pode reclamar o primeiro ceptro de construtores na categoria mais baixa desde 2001 já neste fim‑de‑semana caso supere a KTM por 11 pontos.

A luta pela terceira posição no Mundial entre Romano Fenati (SKY Racing Team VR46) e Oliveira vê os dois pilotos separados por apenas cinco pontos. Fenati venceu a corrida de 2014 depois de se ter qualificado em 13º e nos últimos tempos o italiano tem estado melhor na qualificação que na corrida, mas seguramente vai estar na luta pelo triunfo em Aragão, independentemente do resultado que conseguir no sábado. 

Já Oliveira tem como melhor resultado em Aragão o quinto posto de 2013. As melhorias no quadro e braço oscilante da KTM viu-o lutar pelo triunfo pela primeira vez desde a fractura no pulso na Alemanha. 

Efrén Vázquez vai certamente estar em busca de um bom resultado naquela que é a sua corrida em casa e ainda para mais depois da queda sofrida pelo piloto da Leopard Racing em Misano.

Tags:
Moto3, 2015, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN

Outras actualizações que o podem interessar ›