Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Iannone: “Um movimento brusco fez saltar-me o ombro”

Iannone: “Um movimento brusco fez saltar-me o ombro”

Iannone luta para estar apto para o Grande Prémio Movistar de Aragão após ter deslocado o ombro outra vez.

Durante uma corrida de treino Andrea Iannone tropeçou e caiu; ao tentar proteger-se, colocou os braços para fora, o que o levou a deslocar, de novo, o ombro. Antes de Mugello, no início deste ano, Iannone deslocou o mesmo ombro num teste privado da Ducati; a lesão não se revelou debilitadora, mas restringiu muito os seus movimentos da moto. Apesar dos tratamentos já levados a cabo, ele não estará totalmente recuperado para Aragão.

Andrea Iannone: “Infelizmente, na semana passada tropecei e caí quando estava a treinar; na queda coloquei os braços para fora para me proteger, mas um movimento brusco fez saltar-me o ombro outra vez. Tenho feito tratamento várias horas por dia, mas vai ser um fim‑de‑semana duro para mim porque a pista tem muitas mudança de direcção, muitas subidas e descidas e muitas travagens fortes. Não vou estar a 100%, mas pelo menos vou lá estar.”

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN, Andrea Iannone, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›