Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo domina primeiro dia em casa

Lorenzo domina primeiro dia em casa

Jorge Lorenzo voltou a ser o mais lesto, relegando o colega de equipa Valentino Rossi e Bradley Smith para as posições secundárias.

O espanhol da Movistar Yamaha MotoGP já tinha deixado claro ao que vinha ao assinar a melhor marca da manhã e de tarde voltou a impor-se face aos demais no MotorLand Aragón, palco do Grande Prémio Movistar de Aragão. Jorge Lorenzo parou o cronómetro em 1:47,517s, retirando sete décimos à melhor marca pessoal para terminar com uns muito confortáveis 0,683s sobre o colega de equipa Valentino Rossi.

O italiano, que lidera a geral agora com uns mais confortáveis 23 pontos de vantagem precisamente sobre Lorenzo, tem estado em bom plano no circuito de Aragão, uma boa notícia para Rossi não apenas por não ser um dos seus melhores traçados, mas também porque um dos maiores problemas do piloto desde o início do ano têm sido as sessões de treinos.

Um pouco mais atrás, a 0,801s, terminou Bradley Smith. Ainda com o pódio de Misano fresco na memória, o britânico da Monster Yamaha Tech3 fez o pleno para a marca dos três diapasões nas três primeiras posições da tabela de tempos combinados. Uma clara melhoria face ao treino matinal em que havia sido sétimo, um salto que se ficou a dever aos 1,4s que logrou retirar à marca pessoal durante a tarde.

Quem não mudou de posição de manhã para a tarde foi Dani Pedrosa. A rodar em casa, o piloto da Repsol Honda foi quarto em ambas as sessões de livres desta sexta-feira, se bem que de tarde logrou uma melhoria de ritmo na ordem dos sete décimos de segundo.

Enquanto isso, pior este o bi-Campeão do Mundo e colega de equipa de Pedrosa. Marc Márquez, que tinha sido segundo na FP1 acabou por não ir além do quinto registo vespertino. O catalão ainda melhorou o andamento em três décimos, mas tal revelou-se muito curto face ao ritmo significativamente mais forte dos rivais.

Pol Espargaró foi o segundo melhor piloto satélite ao colocar a máquina da Monster Yamaha Tech3 no sexto posto depois de ter sido o último a rodar a menos de um segundo da frente, enquanto o seu irmão Aleix Espargaró foi sétimo. O piloto voltou a colocar o Team Suzuki Ecstar entre os dez primeiros ao rodar a 1,007s da frente para superar a dupla da Ducati Team. Andrea Dovizioso foi oitavo (+1,058s), com Andrea Iannone, a rodar com lesão no ombro, a ser nono, a 1,098s da P1. Danilo Petrucci, com a Ducati da Octo Pramac Racing, completou a lista dos dez primeiros.

Resultados MotoGP™: FP2Combinados
 

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN, FP2, Bradley Smith, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
Os Wildcards de Aragão

2 anos ago

Os Wildcards de Aragão