Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Oliveira assina brilhante 3ª vitória da carreira

Oliveira assina brilhante 3ª vitória  da carreira

Miguel Oliveira conquistou magnífico triunfo no Grande Prémio Movistar de Aragão à frente de Jorge Navarro e Romano Fenati.

Já todos antecipavam um Grande Prémio Movistar de Aragão de Moto3™ absolutamente emocionante, o que ninguém imaginava era um final como aquele a que se assistiu, em que Miguel Oliveira acabou por cruzar a meta isolado na frente de Navarro e Fenati depois dos dosi primeiros da geral irem ao chão em incidentes separados na última volta.

O português da Red Bull KTM Ajo foi quem partiu melhor após o apagar das luzes, disparando do meio da primeira linha da grelha para a liderança da corrida. Forte nas travagens e à saída das curvas, Oliveira não se deixou atemorizar pelos ataques dos rivais e mostrou também que não só de cone de ar se faria a luta pelo triunfo nesta 14ª jornada do Campeonato.

Levando a cabo animadíssimos duelos com o líder da classificação Danny Kent, Niccolò Antonelli, Enea Bastianani, Romano Fenati e até mesmo com o colega de equipa Brad Binder, o luso acabou por levar a melhor sobre os demais ao entrar para a última volta na liderança da corrida. Tudo fazia antever um despique muito renhido, com o cone de ar a prometer papel preponderante, mas a verdade foi bem diferente.

O segundo classificado da geral Bastianini, da Gresini Racing Team Moto3, falhou a travagem à entrada para a Curva 1, na última volta, e acabou por levar consigo Brad Binder, que se preparava para conquistar o primeiro pódio da carreira e dar à Red Bull KTM Ajo magnífica dobradinha. Mas o drama não se ficava por aqui. A duas curvas do final o britânico da Leopard Racing, Kent, também errou e acabou cuspido da moto numa queda aparatosa, para também ele terminar o GP de Aragão a zeros.

Quem mais ganhou com isto na corrida foi Navarro. O espanhol da Estrella Galicia 0,0 estreou-se no pódio com o segundo lugar, isto depois de aparatosa queda no Warm Up, enquanto Fenati, da SKY Racing Team VR46, viu-se promovido, quando menos esperava, ao terceiro lugar. 

Enquanto isso, Efrén Vázquez, da Leopard Racing, foi quarto, à frente do germânico Philipp Oettl, da Schedl GP Racing. Atrás deles, e a completar o Top 10, ficaram Antonelli (Ongetta-Rivacold), Jorge Martín (Mapfre Team Mahindra), Alexis Masbou (Saxoprint RTG), Hiroki Ono (Leopard Racing) e Andrea Migno (SKY Racing Team VR46).

Quem também não acabou a prova devido a queda foram Karel Hanika (Red Bull KTM Ajo), Manuel Pagliani (San Carlo Team Italia), Zulfahmi Khairuddin (Drive M7 SIC), Isaac Viñales (RBA Racing Team) e Darryn Binder (Outox Reset Drink Team).

Em termos de Campeonato do Mundo, Kent continua isolado na frente com os mesmos 234 pontos com que chegou a Aragão, seguido de Bastinanini, que também ficou na mesma nesta jornada. Já Oliveira ocupa agora o 3º posto com 159 pontos, seguido de Fenati (155) e com Antonelli (136) a fechar o Top 5.

Vê aqui os resultados da Corrida de Moto3™ e a Classificação do Campeonato do Mundo.
 

Tags:
Moto3, 2015, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN, RAC, Miguel Oliveira, Jorge Navarro, Romano Fenati, Red Bull KTM Ajo

Outras actualizações que o podem interessar ›