Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa: “Foi terminar em segundo perante os meus fãs.”

Pedrosa: “Foi terminar em segundo perante os meus fãs.”

Dani Pedrosa foi mestre a defender-se dos ataques de Rossi para terminar num brilhante segundo lugar em Aragão.

O espanhol da Repsol Honda não tinha conseguido melhor que a quinta posição da grelha na qualificação de sábado para o Grande Prémio Movistar de Aragão, mas uma prestação de alto nível no domingo valeu-lhe fantástico segundo lugar. Para alegria do muito público da casa, Pedrosa revelou-se um verdadeiro mestre para se defender de todos os ataques de Rossi e, com isso, levar absolutamente ao rubro os adeptos espanhóis que acabaram por ver o piloto da Repsol Honda ajudar o compatriota da rival Yamaha na luta pelo ceptro ao relegar o líder da classificação para o terceiro lugar.

Dani Pedrosa: “Foi muito complicado manter-me concentrado nos tempos por volta e, ao mesmo tempo, fechar as portas porque o Vale estava mais rápido em muitas curvas. Estava a tentar não perder muita velocidade e não lhe dar muito espaço. As últimas dez voltas foram mesmo difíceis porque ele estava a dar tudo pelo segundo lugar. Depois sabia que tinha menos aderência nas últimas voltas porque sentia sempre o motor dele atrás de mim. Tentei lutar e manter-me na frente porque sabia que era essa a chave para ser segundo. Foi uma boa luta, não sei quantas vezes nos ultrapassámos, mas foi bom chegar ao fim e terminar em segundo perante os meus fãs.”

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN, RAC, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›