Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Movistar Yamaha conquista primeiro título desde 2010

Movistar Yamaha conquista primeiro título desde 2010

O oitavo duplo pódio da Movistar Yamaha esta época em Aragão representou a conquista do Campeonato do Mundo de MotoGP™ de Equipas.

A 60ª vitória de Jorge Lorenzo e o 209º pódio do colega de equipa Valentino Rossi na categoria rainha garantiram à Movistar Yamaha a conquista do Campeonato do Mundo de Equipas a quatro corridas do final. Foi a primeira vez que a formação conquistou o ceptro desde 2010, colocando assim ponto final no domínio da Repsol Honda nas últimas quatro épocas.

Lorenzo conta com seis vitórias e Rossi com quatro, o que significa que a formação tem um total de dez triunfos em 14 corridas já disputadas esta época, o que fez com que a Yamaha M1 voltasse a ser uma força a ter em conta.

Os dois pilotos da Movistar Yamaha ocupam as duas primeiras posições do Campeonato do Mundo com Rossi a somar mais 14 pontos de Lorenzo após o Grande Prémio Movistar de Aragão.

Jorge Lorenzo: “Estou muito orgulhoso pela equipa e pelo trabalho que todos da Yamaha fizeram no Japão. Trabalharam em todos os aspectos, mas em especial na entrada em curva. Era essa a nossa principal fraqueza nos anos anteriores. Este título de Campeões de Mundo de Equipas, que garantimos a quatro corridas do final da época, significa muito para nós. Tem sido um ano incrível dos resultados às prestações da moto e estamos muito contentes.”

Valentino Rossi: “O Campeonato do Mundo de Equipas é um grande feito para todos porque toda a formação, todos os engenheiros, conseguiram melhorar a M1 e dar-nos uma grande moto. Demos um grande passo em comparação com o ano passado e com a Honda em particular. É também um grande feito dos pilotos porque nos preocupamos sempre com isto e este ano eu e o Jorge conseguimos ganhar muitos pontos e chegar na frente muitas vezes. Assim, estão todos muito contentes na equipa.”

Massimo Meregalli: “Foi uma prestação de mestre do Jorge, o nível dele não tem igual e geriu a vantagem na perfeição. Não cometeu erros e mereceu totalmente a 60ª vitória em todas as classes. O Valentino também esteve bem ao rodar de sexto até terceiro no início da corrida e foi apanhado pela luta com o Dani Pedrosa pelas duas últimas posições do pódio. A equipa trabalhou muito durante toda a temporada e isso deu frutos, com a Movistar Yamaha MotoGP a conquistar agora o Campeonato do Mundo de Equipas. Quero dedicar este título a todos os elementos da equipa que, como sempre, se esforçaram muito para encontrarem soluções para nos trazerem de volta a um elevado nível competitivo. Também quero dedicar esta vitória à Movistar, não lhes podíamos dar melhor prenda que o título de Campeões do Mundo de Equipas num Grande Prémio patrocinado por eles próprios. Estou especialmente contente por termos conquistado este título perante o Sr. Alierta, Presidente da Telefónica, que nos honrou com a sua presença na garagem durante a corrida.”

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO MOVISTAR DE ARAGÓN, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›