Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa vence emocionante corrida de Motegi

Pedrosa vence emocionante corrida de Motegi

Pedrosa fez corrida de traz para a frente para garantir brilhante vitória na emocionante corrida de Motegi à frente de Rossi e Lorenzo.

Após a partida e a fuga de Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) desde a primeira curva, ninguém diria que no final do Motul Grande Prémio do Japão MotoGP™ o mais alto do pódio seria ocupado por Dani Pedrosa (Repsol Honda), com Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) em segundo e Lorenzo em terceiro.

Pedrosa, vindo de sexto da grelha, levou a cabo uma corrida plena de táctica, recuperando posições de forma gradual, sem puxar demais pelos pneus. À 11ª volta Pedrosa superava Andrea Dovizioso (Ducati Team) para chegar a terceiro e encetar o ataque a Rossi, que na altura rodava isolado em segundo e dando sinais que já não tinha como apanhar o colega de equipa.

Contudo, quatro voltas mais tarde o italiano viu Pedrosa passar por ele sem qualquer cerimónia e, ao invés de dar tudo para recuperar a posição ao espanhol, Rossi optou por aproveitar a boleia e ir atrás de Lorenzo, que por esta altura começava a perder ímpeto com problemas no pneu frontal, e a aposta deu frutos. Incapaz de manter o ritmo, Lorenzo não só foi passado por Pedrosa à 17ª volta, como duas voltas depois, na sequência de um erro, viu Rossi passar-lhe para a frente. E assim, em apenas quatro voltas Lorenzo passou de um atraso de cinco pontos para Rossi no Campeonato do Mundo para 18 ao terminar na terceira posição, atrás de Rossi e de Pedrosa, que conquistou o 50º triunfo da carreira.

Um resultado que não deixa de ser interessante, pois se na última jornada, em Aragão, Pedrosa foi crucial para Lorenzo ao terminar em segundo, à frente de Rossi, desta feita o espanhol foi crucial para Rossi ao levá-lo a reboque para o segundo posto à frente de Lorenzo.

Enquanto isso, atrás deles Marc Márquez (Repsol Honda) tinha uma corrida para esquecer. Depois de má partida desde o terceiro posto da grelha e de perder algumas posições, o ainda Campeão do Mundo não conseguiu melhor que o quarto posto depois de passar Andrea Dovizioso (Ducati Team), que acabou por fechar a lista dos cinco primeiros depois de ter chegado a rodar em terceiro nos momentos iniciais da corrida.

Cal Crutchlow (LCR Honda) foi o grande vencedor da luta entre os pilotos Satélite ao bater Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3), em sétimo, enquanto o wildcard Katsuyuki Nakasuga (Yamaha Factory Racing Team) foi o melhor representante da casa com o oitavo posto. Héctor Barberá (Avintia Racing) foi o melhor piloto Open, em nono, enquanto Scott Redding (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS) completou o Top 10.

Vê aqui os resultados da Corrida de MotoGP™ e a Classificação do Campeonato.

Tags:
MotoGP, 2015, MOTUL GRAND PRIX OF JAPAN, RAC, Dani Pedrosa, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›