Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Todos atrás de Kent na Austrália

Todos atrás de Kent na Austrália

Danny Kent é o centro de todas as atenções na Austrália, mas Basitianini e Oliveira ainda podem chegar ao ceptro.

As condições climatéricas adversas do GP do Japão resultaram numa corrida fora do normal, com o pelotão a disputar apenas 13 voltas e com os dois primeiros classificados da geral a não liderem bem com a situação. Danny Kent (Leopard Racing) foi sexto, com o rival mais directo, Enea Bastianini (Gresini Racing Team Moto3), a terminar logo atrás, enquanto o triunfo foi para Niccolo Antonelli (Ongetta-Rivacold) e, mais importante, o segundo lugar ficou a cargo de Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo).

Kent tem de sair do Pramac Grande Prémio da Austrália com 50 pontos de vantagem sobre Bastianini para garantir o título, mas os resultados das últimas jornadas têm ficado aquém do esperado. Mas com 56 pontos de vantagem sobre o italiano, Kent tem apenas de terminar à frente de Bastianini, o problema é que o português tem ainda uma palavra a dizer, e com Oliveira num grande momento de forma tudo é possível. O piloto da KTM conquistou o terceiro pódio consecutivo no domingo passado e está agora a 65 pontos do líder.

Estão assim lançados os dados para o que promete ser uma corrida decisiva ou, por oposição, uma jornada que pode deixar o Campeonato ainda mais aberto.

Tags:
Moto3, 2015, PRAMAC AUSTRALIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›