Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso: “O nosso potencial era maior”

Dovizioso: “O nosso potencial era maior”

O piloto da Ducati Team terminou a corrida de Motegi em quinto.

Dovizioso partiu para a corrida desde a segunda linha da grelha para de imediato chegar ao terceiro posto, lugar que manteve até à 10ª volta. Na passagem seguinte pela meta foi ultrapassado por Pedrosa e pouco depois teve de abrandar o ritmo devido ao desgaste dos pneus de chuva. Quando faltavam quatro voltas para o final o italiano não se conseguiu defender do ataque de Márquez e acabou por terminar a prova em quinto.

Andrea Dovizioso: “Tivemos um bom ritmo na corrida, mas depois de algumas voltas o pneu dianteiro começou a deteriorar-se e não conseguia travar bem. Era uma situação estranha porque, apesar de todos os outros terem provavelmente os mesmos problemas de desgaste dos pneus, no meu caso, no início, quando o asfalto ainda estava molhado, o eixo frontal fechava-se constantemente e não podia travar forte.”

“Foi uma pena porque tínhamos bom ritmo de corrida e creio que podíamos ter lutado pelo pódio. De qualquer forma, fomos quintos em condições difíceis; não foi fácil chegar a esta bandeira de xadrez. Uma grande pena porque o nosso potencial era maio.”

Tags:
MotoGP, 2015, MOTUL GRAND PRIX OF JAPAN, RAC, Andrea Dovizioso, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›