Compra de bilhetes
VideoPass purchase

#RossiVsLorenzo: Quem vai sair no topo na Austrália?

#RossiVsLorenzo: Quem vai sair no topo na Austrália?

As estrelas do Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2015 juntaram-se para a conferência de imprensa do GP da Austrália.

A conferência de imprensa oficial de pré-evento marcou o início do Pramac Grande Prémio da Austrália, 16ª jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP™. Os dois homens na luta pelo ceptro, os pilotos da Movistar Yamaha, Valentino Rossi e Jorge Lorenzo, contaram com a companhia de Dani Pedrosa (Repsol Honda), Andrea Dovizioso (Ducati Team), Jack Miller (LCR Honda) e do líder do Campeonato de Moto3™ Danny Kent (Leopard Racing).

O primeiro a falar com a imprensa foi o líder do campeonato, Rossi. “Dezoito pontos podem ser uma boa vantagem, mas também se podem tornar numa margem muito curta. Temos três corridas, mas agora temos esta pista de que gosto muito. Tive grandes resultados aqui no passado e guardo boas memórias deste circuito mas, como sempre, os rivais estão muito fortes, em particular o Jorge que é muito rápido aqui. A partir da manhã de amanhã vamos começar outra batalha e os treinos serão importantes para estarmos prontos par a corrida de domingo.”

Para o rival Jorge Lorenzo a tarefa é simples: vencer as restantes três corridas e colocar pressão em Rossi: “É claro que agora estamos perante as últimas três corridas do campeonato e tenho de ganhar muitos pontos se quiser recuperar este atraso e ter uma possibilidade de ser Campeão do Mundo em Valência. O Campeonato é o objectivo, temos de continuar a trabalhar da mesma forma na moto, na afinação e no meu estilo de pilotagem e se continuarmos a trabalhar desta forma vamos ser rápidos e consistentes. É esse o objectivo para amanhã.”

Nas últimas duas corrida Dani Pedrosa, da Repsol Honda, esteve impressionante e pode voltar a ser decisivo em termos de campeonato: “Estou desejoso por estas últimas três corridas; este ano tem sido um pouco difícil devido a muitos factores, mas nas últimas corridas estive melhor e mais forte. Espero apenas continuar desta forma nas últimas provas e tentar voltar a terminar forte nas últimas três jornadas e acabar bem o campeonato.”

O regresso de Dovizioso à boa forma em Motegi viu-o terminar como melhor piloto Ducati e o italiano está agora determinado a manter o quinto posto da geral: “Estamos a trabalhar muito para melhorar a moto. Este fim‑de‑semana será muito importante para nós porque é uma pista totalmente diferente e é difícil encontrar a afinação certa para gerir os pneus e ser rápido nestas condições complicadas. A pista tem muito vento e curvas longas, com muitas escorregadelas, mas as minhas sensações melhoraram um pouco na última corrida, pelo que espero ser rápido também aqui.”

O herói da casa Jack Miller também esteve presente a anunciou a passagem para a Marc VDS Racing Team em 2016: “No próximo ano vou estar na Marc VDS e estou desejoso por iniciar o meu próximo capítulo com eles no MotoGP. A moto parece fantástica e o pacote que eles montaram parece mesmo muito bom. Vê-los no primeiro ano no campeonato é bom. Gostava de agradecer a todos, incluindo o Lucio, da LCR Honda; montaram uma boa equipa para mim e é mesmo uma grande pena termos de encurtar a nossa relação, mas obrigado por todo o apoio e estou desejoso pelo próximo capítulo na minha carreira.”

O líder do Campeonato do Mundo de Moto3™ Danny Kent também esteve presente na conferência de imprensa. O britânico pode sagrar-se Campeão no domingo se as coisas lhe correrem de feição: “Sim, sabem, no Japão tinha a possibilidade de vencer o Campeonato, mas precisávamos de muita sorte para isso acontecer. Mas este fim‑de‑semana as possibilidades de conquistar o título são muito melhores. A motivação é elevada e estamos desejosos.”

Tags:
MotoGP, 2015, PRAMAC AUSTRALIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, Valentino Rossi, Danny Kent, Andrea Dovizioso, Jorge Lorenzo, Jack Miller, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, Leopard Racing, LCR Honda, Ducati Team, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›