Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo: “Tentei fechar a porta”

Lorenzo: “Tentei fechar a porta”

O incrível Pramac Grande Prémio da Australia terminou com Jorge Lorenzo a recuperar importantes pontos após batalha titânica.

Praticamente não houve um momento calmo no GP da Austrália, com os melhores pilotos do Campeonato do Mundo de MotoGP™ a levarem a cabo uma das corridas mais disputadas de que há memória. Na fase inicial Jorge Lorenzo isolou-se um pouco, mas o ataque de Marc Márquez (Repsol Honda) depressa anulou a vantagem do homem da Yamaha, levando consigo Andrea Iannone (Ducati Team) e Valentino Rossi (Movistar Yamaha). Com a luta a aumentar de ritmo, Lorenzo logrou manter curta margem apesar de problemas com a frente da M1. A decisão surgiu apenas na última volta, com Lorenzo a contar com uma vantagem de 0,662s na altura.

Em qualquer outra situação seria suficiente, mas havia algo no ar de Phillip Island e Márquez fez uma volta em tempo recorde para bater Lorenzo, que ainda assim recuperou terreno no Campeonato graças a Iannone ter sido terceiro, à frente de Rossi.

Jorge Lorenzo: “Mantive-me algumas voltas atrás do Marc e vi que ele tinha alguns problemas de tracção em algumas áreas. Pensei que se puxasse forte podia deixá-lo para trás, mas ele fez uma impressionante última volta, um novo recorde da pista. Tentei fechar a porta na última travagem, mas ele travou mais forte e não consegui vencer esta corrida. Tive sorte por o Andrea ter passado o Valentino, caso contrário seriam apenas quatro pontos.”

Tags:
MotoGP, 2015, PRAMAC AUSTRALIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, RAC, Jorge Lorenzo, Movistar Yamaha MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›