Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rabat voa para casa para mais tratamento

Rabat voa para casa para mais tratamento

Tito Rabat vai regressar a casa e falhar o Grande Prémio da Malásia para recuperar totalmente da lesão.

Tito Rabat está de regresso a casa, em Espanha, onde vai ser alvo de mais exames e possível operação ao braço esquerdo que lesionou há duas semanas num acidente de treino em Almería. 

O antigo Campeão do Mundo de Moto2™ caiu forte na rápida última curva de Phillip Island na sexta-feira, durante a segunda sessão de livres do Grande Prémio da Austrália. Os primeiros raios-X não mostraram novos danos na lesão do braço esquerdo, mas foi identificada a possibilidade de um fragmento de osso ter sido deslocado durante o segundo exame levado a cabo no sábado.

Rabat vai assim regressar a Barcelona para uma avaliação mais detalhada da lesão e vai falhar o Grande Prémio da Malásia, em Sepang, ficando na Europa para recuperar totalmente com vista à última corrida da época em Valência.

Tito Rabat: “A queda deixou-me sem outra opção; tenho de regressar a casa para mais tratamento o mais depressa possível para ter o máximo de tempo de recuperação para a última corrida da época em Valência. Gostava de agradecer ao pessoal médico do circuito de Phillip Island e também à equipa médica do MotoGP pelo trabalho feito, tanto com a minha reabilitação da lesão original, como pela rápida identificação de possíveis novos danos após a queda. Agora estou concentrado apenas na recuperação, pronto para a corrida em Valência e para a nova aventura no MotoGP que começa na terça-feira a seguir.”

Michael Bartholemy, Director de Equipa: “A lesão original não foi o problema para o Tito aqui na Austrália ou no Japão, mas sim a falta de força no braço esquerdo após a operação. Com a fisioterapia que o Tito tem feito desde a cirurgia a força começou a voltar, pelo que fazia sentido vir para estas corridas e testar a lesão na moto. A queda de ontem [sexta-feira] mudou isso porque há a possibilidade de ter deslocado um fragmento de osso no braço lesionado que pode requerer mais tratamento. É desapontante para o Tito, mas o aspecto positivo é que estará suficientemente recuperado para correr em Valência e testar a máquina de MotoGP na terça-feira após a última corrida da temporada.”

Tags:
Moto2, 2015, Tito Rabat, Estrella Galicia 0,0

Outras actualizações que o podem interessar ›