Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Miller: “É muito bom voltar a ser o melhor Open”

Miller: “É muito bom voltar a ser o melhor Open”

Jack Miller triunfou entre os pilotos Open com prestação bem medida no Pramac Grande Prémio da Austrália.

Desde sexta-feira que Jack Miller se mostrava confiante em Phillip Island. Ele falhou a Q2 por pouco e foi quase sempre o melhor piloto Open aos comandos da sua LCR Honda. Vindo da quinta linha da grelha o piloto da casa fez forte partida e ganhou várias posições nas primeiras voltas com o seu já tradicional estilo agressivo. Ao contrário de corridas anteriores, Miller manteve a calma e apesar de ter sido passado por alguns pilotos, concentrou-se em manter tempos consistentes e em defender a liderança da classe Open. Ele rodou entre pilotos satélite durante boa parte da corrida, o que lhe permitiu mostrar todo o seu potencial ao rodar entre máquinas mais potentes para acabar por cruzar a linha de meta em 15º.

Jack Miller: “Estou muito contente com este resultado, é muito bom voltar a ser o melhor Open. Trabalhámos arduamente este fim‑de‑semana, acredito que foi uma das nossas melhores prestações até ao momento. Puxámos muito forte e trabalhámos muito com a moto e creio que encontrámos algo importante, mas vamos ter de esperar pela Malásia para termos a certeza. Agora estou mesmo desejoso por ir para lá, é uma pista onde já testámos muito, pelo que será fantástico comparar os nossos tempos com os que fizemos no início da época.”

Tags:
MotoGP, 2015, PRAMAC AUSTRALIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, RAC, Jack Miller, LCR Honda

Outras actualizações que o podem interessar ›