Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Decisões do título da categoria mais baixa em Valência

Decisões do título da categoria mais baixa em Valência

Recorda as lutas pelo ceptro da categoria mais baixa que só se decidiram na última corrida do ano em Valência.

O único cenários em que Danny Kent perderá o título de Campeão do Mundo de Moto3™ de 2015 implica a vitória de Miguel Oliveira em Valência e um resultado fora dos 14 primeiros por parte do britânico. Esta é a oitava vez, desde que o Campeonato termina em Valência, que o ceptro da categoria mais baixa é decidido no traçado espanhol. Abaixo seguem-se alguns dados sobre essas decisões do título desde 2002:

2002 – Manuel Poggiali (Gilera) podia conquistar o título no GP de Valência; estava a oito pontos de Arnaud Vincent (Aprilia). Contudo, Vincent foi segundo à frente de Poggiali na última corrida do ano e tornou-se no primeiro gaulês a vencer o Mundial de 125cc.

2005 – Mika Kallio (KTM) tinha de vencer a corrida de Valência para bater Thomas Luthi (Honda) na luta pelo título, mas este tinha de terminar abaixo de 13º. Apesar do finlandês ter ganho, como se lhe impunha, o piloto Honda sagrou-se Campeão ao terminar a corrida em nono.

2007 – Gabor Talmacsi (Aprilia) tinha dez pontos de vantagem sobre o colega de equipa Héctor Faubel antes da partida para a corrida de Valência de 2007. Os dois pilotos qualificaram-se nas duas primeiras posições da grelha, com Faubel a garantir fantástica vitória e os cinco primeiros a terminarem separados por menos de um segundo; contudo, Talmacsi fez o bastante para conquistar o ceptro ao terminar em segundo.

2010 – Nico Terol (Aprilia) tinha uma possibilidade remota de chegar ao ceptro em Valência com um atraso de sete pontos para Marc Márquez (Derbi). Terol foi terceiro, um lugar à frente de Márquez, que acabou por se sagrar Campeão.

2011 – Esta foi a última vez que se lutou pelo coroa das 125cc, com Nico Terol (Aprilia) e Johann Zarco (Derbi) a disputarem a glória. Terol foi segundo e garantiu o ceptro, enquanto Zarco caiu na terceira volta.

2013 - Com apenas cinco pontos a separar os pilotos KTM, Luis Salom, Álex Rins e Maverick Viñales no topo da classificação da Moto3™, o título podia ir para qualquer um dos pilotos em caso de vitória e independentemente dos restantes resultados. As esperanças de Salom desapareceram quando caiu na 15ª volta. A luta ficou então reduzida a Rins e Viñales e estendeu-se até à última curva, com Viñales a vencer e a conquistar o título.

2014 – No ano passado os dois pilotos que lutaram pelo título da Moto3™ na última corrida do ano foram Álex Márquez (Honda) e Jack Miller (KTM), com Márquez a contar com 11 pontos de vantagem antes da partida. Miller fez o que pôde ao vencer a corrida, mas Márquez levou o ceptro com apenas dois pontos de vantagem ao terminar em terceiro.

Tags:
Moto3, 2015, GRAN PREMIO MOTUL DE LA COMUNITAT VALENCIANA

Outras actualizações que o podem interessar ›

motogp.com
Luta na Moto3™ até final

1 ano ago

Luta na Moto3™ até final