Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kent e Oliveira falam da luta pelo título

Kent e Oliveira falam da luta pelo título

Danny Kent e Miguel Oliveira antevêem o GP Motul da Comunidade Valenciana, prova que decide o Campeonato do Mundo de Moto3™.

Os dois candidatos ao título juntaram-se perante os jornalistas de todo o mundo numa Conferência de Imprensa de Pré-evento especial no circuito Ricardo Tormo para falarem da luta pelo ceptro que vão levar a cabo na última corrida do ano. Kent, da Leopard Racing, conta com 24 pontos de vantagem sobre Oliveira, da Red Bull KTM Ajo, quando estão em jogo apenas 25 pontos.

Kent viu uma vantagem de 110 pontos após o GP de Inglaterra ser reduzida para apenas 24 antes da última corrida do ano. Desde Silverstone, o piloto britânico só conseguiu dois sexto lugares, um sétimo e duas desistências. Apesar deste mau momento de forma, Kent sabe que necessita apenas de terminar em 14º para garantir o primeiro ceptro Mundial para um piloto britânico desde Barry Sheene em 1977, nas 500cc. Kent já perdeu várias oportunidades de conquistar o ceptro, mas diz não sentir pressão em Valência: “Chegámos à última corrida. Temos 24 pontos de vantagem. Todos perguntam se sinto pressão. Tivemos quatro possibilidades de conquistar o título. Mas todos sabem que o que tenho de fazer é evitar problemas e terminar nos 14 primeiros. Espero conseguir fazer isso. Até ao lavar dos cestos é vindima. Tudo pode acontecer nas corridas, mas ficarei contente quando vir acabado o dia de domingo.”

Oliveira recuperou terreno a Kent de forma gradual e está numa forma devastadora desde o GP de Inglaterra, com três vitórias e dois segundos lugares. O luso de 20 anos tem de ganhar outra vez e esperar que Kent não vá além do 15º posto para poder conquistar o ceptro: “É bem claro que a matemática é muito simples; ele tem de somar dois pontos se eu ganhar a corrida e eu tenho de vencer para ter alguma possibilidade de conquistar o título. Seja como for, é uma nova situação para mim, já que tirei grande partido das quedas do Danny, em particular nas corridas em que venci. Isso permitiu-me recuperar 86 pontos desde Silverstone, mas penso que é muito difícil conseguir vantagem aqui em Valência; como o Danny disse não é uma pista em que seja fácil cair de primeiro para décimo. Seguramente será uma grande batalha e o objectivo é desfrutar a última corrida nesta categoria.”

Para ambos os pilotos esta será a última prova que efectuam na Moto3™ antes de passarem ambos para o Campeonato do Mundo de Moto2™, onde serão colegas de equipa na Leopard Racing.

A acção de pista da Moto3™ tem início pelas 9 horas locais de sexta-feira com os Treinos Livres 1. Carrega aqui para veres o programa completo do GP de Valência.

Tags:
Moto3, 2015, GRAN PREMIO MOTUL DE LA COMUNITAT VALENCIANA, Danny Kent, Miguel Oliveira, Red Bull KTM Ajo, Leopard Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›