Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Carmelo Ezpeleta: “Temos de aprender com o que aconteceu”

Carmelo Ezpeleta: “Temos de aprender com o que aconteceu”

O CEO da Dorna Sports está optimista em relação à reunião com os pilotos de MotoGP™ e chefes de equipa no GP de Valência.

O incidente de há duas semanas na corrida de MotoGP™ no Circuito Internacional de Sepang levou a FIM e a Dorna a convocar uma reunião especial com os pilotos e responsáveis das equipas.

O CEO da Dorna Sports considera que foi um encontro positivo: “Temos todos o mesmo interesse a creio que valia a pena reduzir a tensão, pelo que pedimos aos pilotos para não partilharem as suas disputas até à próxima semana. Não sei o que vão fazer, mas disse-lhes que pensava que o melhor para eles neste fim‑de‑semana era pensar apenas nas corridas e em mais nada.”

Antes de se junta à reunião Ezpeleta teve encontros privados com Lorenzo, Márquez e Rossi, sobre o que disse: “Estou optimista. São os três grandes pessoas. Não posso tornar pública conversas privadas que tive com eles e não quero falar sobre o que aconteceu em Sepang. Se lhes disse para não falarem, eu também não falarei.”

De todas as formas, e em referência à expectativa criada à volta do que aconteceu em Sepang, Ezpeleta diz que “apesar de alguma imprensa ser atraída pela controvérsia, para mim não é importante, nem necessária. O importante é que se mantenha o clima de paz e harmonia que sempre reinou.”

“O presidente da FIM esteve presente na quinta-feira e acreditamos que temos de aprender com os erros e falhas e vamos continuar a trabalhar com todos os pilotos, FIM, IRTA e construtores para aprendermos com o que aconteceu e para melhorar as coisas. Fizemos muita auto-análise e poucas pessoas conhecem a situação melhor que nós. Nunca tive problemas em aceitar quando as coisas correm mal, a nossa missão é tentar ver o que podemos fazer para melhorar as coisas no futuro.”

Tags:
MotoGP, 2015, GRAN PREMIO MOTUL DE LA COMUNITAT VALENCIANA

Outras actualizações que o podem interessar ›