Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Oliveira: “Não foi um dia mau, bem pelo contrário”

Oliveira: “Não foi um dia mau, bem pelo contrário”

Miguel Oliveira começou o importante fim‑de‑semana de Valência com o sétimo tempo e a menos de 0,2s de Kent.

Miguel Oliveira tem a possibilidade de fazer história este fim‑de‑semana e tornar-se no primeiro português a conquistar um título do Campeonato do Mundo de MotoGP™, mais concretamente da categoria de Moto3™. Mas para tal terá ganhar a corrida de domingo e esperar que Kent não faça melhor que o 15º.

Como o resultado do rival não depende dele, Oliveira tratou de colocar mãos à obra e fazer tudo o que pode para garantir que tem o que é necessário para bater o agora rival e futuro colega de equipa na próxima época, na Moto2™, e a verdade é que apesar de ter sido sétimo, o português está optimista.

Miguel Oliveira: “Tivemos algumas dificuldades com o eixo traseiro; aliás, creio que posso mesmo dizer que foi um dia em que trabalhámos mais que o habitual para um primeiro dia de Grande Prémio. Rodámos muito tempo com pneus usados, mas quando montámos pneus novos para fazer uma volta rápida, o conjunto não se revelou o melhor. Mas não foi um mau dia, bem pelo contrário. Ainda temos de acertar pequenos detalhes, mas nada de especial. Consegui ser bastante regular com os meus tempos por volta e isso prova que estamos bem.”

Tags:
Moto3, 2015, GRAN PREMIO MOTUL DE LA COMUNITAT VALENCIANA, FP2, Miguel Oliveira, Red Bull KTM Ajo

Outras actualizações que o podem interessar ›