Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Navarro: “Tentei atacar”

Navarro: “Tentei atacar”

Jorge Navarro falhou a vitória por pouco em casa, no Grande Prémio Motul da Comunidade Valenciana, terminando a época em alta.

Vindo de quinto da grelha, Jorge Navarro fez sentir a sua presença de imediato ao colar-se aos pilotos da frente. O jovem da Estrella Galicia 0,0 fez várias manobras ao longo da corrida, mas também se impôs a Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo) e Efrén Vázquez (Leopard Racing) para chegar a liderar a prova. No final Navarro esteve perto de superar Oliveira, mas a verdade é que acabou por não ser capaz de passar o português, que venceu pela sexta vez esta época.

Jorge Navarro: “Estou muito contente, não apenas com a corrida, mas com o fim‑de‑semana. Correr em casa é sempre motivador, mas também traz alguma pressão extra e penso que lidei bem com isso. Sabia que tinha possibilidades de vencer a corrida; estava muito confortável no grupo da frente. Nas últimas voltas tentei atacar e vi que o Miguel Oliveira também queria estar na liderança, pelo que decidi esperar pela última curva. Fiz sempre a última curva em segunda velocidade, mas para ter mais rotação tinha de a fazer em primeira. Quando fiz a passagem de caixa a moto escorregou um pouco mais que o habitual e não consegui ultrapassar o Miguel. O segundo lugar é um resultado muito bom e estou desejoso por começar a trabalhar para o próximo ano.”

Tags:
Moto3, 2015, GRAN PREMIO MOTUL DE LA COMUNITAT VALENCIANA, RAC, Jorge Navarro, Estrella Galicia 0,0

Outras actualizações que o podem interessar ›